Hospitais da rede Ebserh no MS assinam Acordo de Cooperação Técnica para ouvidorias

06/07/2016 10:54
unto a representantes de diversos órgãos públicos de Mato Grosso do Sul, as ouvidorias dos hospitais universitários da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e Maria Aparecida Pedrossian da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (Humap-UFMS) participaram, na última sexta-feira (1) da formação da “Rede de Ouvidorias do Estado de Mato Grosso do Sul”.
 
Consolidada por meio da assinatura de Acordo de Cooperação Técnica durante evento na Procuradoria-Geral de Justiça, em Campo Grande, a rede é uma iniciativa do Ministério Público do estado, que levou em consideração o fato de as ouvidorias públicas serem importantes mecanismos de participação e contribuição para o controle social da administração pública, bem como para o fortalecimento da democracia participativa e do monitoramento das políticas públicas.
 
O acordo tem como objetivo a criação de ouvidorias e a consolidação de parcerias no estado, visando assegurar maior transparência na gestão pública. Também busca o compartilhamento de experiências entre ouvidorias, alinhando a linguagem e procedimentos quanto às manifestações recebidas, respeitadas as especificidades de cada ouvidoria, bem como para buscar e incentivar o envolvimento do cidadão e da sociedade civil organizada no exercício de seus direitos.
 
Para o acordo, o Ministério Público Estadual levou em consideração que as ouvidorias públicas são importantes mecanismos de participação e contribuição para o controle social da Administração Pública, bem como de fortalecimento da democracia participativa e do monitoramento das políticas públicas.
 
Representando o HU-UFGD, estiveram na solenidade a superintendente do hospital, Mariana Croda, e a ouvidora da instituição, Edméia Barrios Gonçalves. “É uma ótima iniciativa para fortalecer as ouvidorias dos órgãos públicos do Estado, auxiliando na divulgação do trabalho de cada instituição e servindo como espaço para a capacitação e a troca de boas práticas entre as entidades. Para o HU, estar inserido na rede significa mais visibilidade aos serviços prestados à comunidade”, afirma a ouvidora do HU-UFGD.
 
Pelo Humap, participaram a superintendente em exercício, Maria José Martins Maldonado, e a ouvidora Claudia Cristina de Carvalho. “A celebração desse acordo trará maior robustez às ouvidorias do estado, pois é uma maneira de entrelaçar as forças. Trabalhar de forma articulada garante uma maior eficácia e maior eficiência nos resultados, e quem tem a ganhar com isso é o cidadão sul-mato-grossense", afirma Claudia Cristina.
 
Com informações do HU-UFGD e MPMS
unto a representantes de diversos órgãos públicos de Mato Grosso do Sul, as ouvidorias dos hospitais universitários da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e Maria Aparecida Pedrossian da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (Humap-UFMS) participaram, na última sexta-feira (1) da formação da “Rede de Ouvidorias do Estado de Mato Grosso do Sul”.
 
Consolidada por meio da assinatura de Acordo de Cooperação Técnica durante evento na Procuradoria-Geral de Justiça, em Campo Grande, a rede é uma iniciativa do Ministério Público do estado, que levou em consideração o fato de as ouvidorias públicas serem importantes mecanismos de participação e contribuição para o controle social da administração pública, bem como para o fortalecimento da democracia participativa e do monitoramento das políticas públicas.
 
O acordo tem como objetivo a criação de ouvidorias e a consolidação de parcerias no estado, visando assegurar maior transparência na gestão pública. Também busca o compartilhamento de experiências entre ouvidorias, alinhando a linguagem e procedimentos quanto às manifestações recebidas, respeitadas as especificidades de cada ouvidoria, bem como para buscar e incentivar o envolvimento do cidadão e da sociedade civil organizada no exercício de seus direitos.
 
Para o acordo, o Ministério Público Estadual levou em consideração que as ouvidorias públicas são importantes mecanismos de participação e contribuição para o controle social da Administração Pública, bem como de fortalecimento da democracia participativa e do monitoramento das políticas públicas.
 
Representando o HU-UFGD, estiveram na solenidade a superintendente do hospital, Mariana Croda, e a ouvidora da instituição, Edméia Barrios Gonçalves. “É uma ótima iniciativa para fortalecer as ouvidorias dos órgãos públicos do Estado, auxiliando na divulgação do trabalho de cada instituição e servindo como espaço para a capacitação e a troca de boas práticas entre as entidades. Para o HU, estar inserido na rede significa mais visibilidade aos serviços prestados à comunidade”, afirma a ouvidora do HU-UFGD.
 
Pelo Humap, participaram a superintendente em exercício, Maria José Martins Maldonado, e a ouvidora Claudia Cristina de Carvalho. “A celebração desse acordo trará maior robustez às ouvidorias do estado, pois é uma maneira de entrelaçar as forças. Trabalhar de forma articulada garante uma maior eficácia e maior eficiência nos resultados, e quem tem a ganhar com isso é o cidadão sul-mato-grossense", afirma Claudia Cristina.
 
Com informações do HU-UFGD e MPMS
 

Junto a representantes de diversos órgãos públicos de Mato Grosso do Sul, as ouvidorias dos hospitais universitários da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e Maria Aparecida Pedrossian da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (Humap-UFMS) participaram, na última sexta-feira (1) da formação da “Rede de Ouvidorias do Estado de Mato Grosso do Sul”.

 

Consolidada por meio da assinatura de Acordo de Cooperação Técnica durante evento na Procuradoria-Geral de Justiça, em Campo Grande, a rede é uma iniciativa do Ministério Público do estado, que levou em consideração o fato de as ouvidorias públicas serem importantes mecanismos de participação e contribuição para o controle social da administração pública, bem como para o fortalecimento da democracia participativa e do monitoramento das políticas públicas.

 

O acordo tem como objetivo a criação de ouvidorias e a consolidação de parcerias no estado, visando assegurar maior transparência na gestão pública. Também busca o compartilhamento de experiências entre ouvidorias, alinhando a linguagem e procedimentos quanto às manifestações recebidas, respeitadas as especificidades de cada ouvidoria, bem como para buscar e incentivar o envolvimento do cidadão e da sociedade civil organizada no exercício de seus direitos.

 

Para o acordo, o Ministério Público Estadual levou em consideração que as ouvidorias públicas são importantes mecanismos de participação e contribuição para o controle social da Administração Pública, bem como de fortalecimento da democracia participativa e do monitoramento das políticas públicas.

 

Representando o HU-UFGD, estiveram na solenidade a superintendente do hospital, Mariana Croda, e a ouvidora da instituição, Edméia Barrios Gonçalves. “É uma ótima iniciativa para fortalecer as ouvidorias dos órgãos públicos do Estado, auxiliando na divulgação do trabalho de cada instituição e servindo como espaço para a capacitação e a troca de boas práticas entre as entidades. Para o HU, estar inserido na rede significa mais visibilidade aos serviços prestados à comunidade”, afirma a ouvidora do HU-UFGD.

 

Pelo Humap, participaram a superintendente em exercício, Maria José Martins Maldonado, e a ouvidora Claudia Cristina de Carvalho. “A celebração desse acordo trará maior robustez às ouvidorias do estado, pois é uma maneira de entrelaçar as forças. Trabalhar de forma articulada garante uma maior eficácia e maior eficiência nos resultados, e quem tem a ganhar com isso é o cidadão sul-mato-grossense", afirma Claudia Cristina.

 

 

Com informações do HU-UFGD e MPMS

Fonte: EBSERH