Condsef reúne seu Conselho Deliberativo de Entidades nesta quarta, 16

14/12/2015 21:38

Essa semana, representantes dos servidores da base da Condsef participam de reuniões em Brasília para debater o cenário do processo de negociações desse ano, discutir soluções para pendências que ainda persistem e traçar ações para seguir buscando avanços em reivindicações importantes para a categoria no próximo ano. Entre os temas que seguem no centro das atenções está a busca pela regulamentação da negociação coletiva no setor público. Nesta terça-feira, a Direção Nacional da Condsef se reúne e na quarta é a vez dos representantes do Conselho Deliberativo de Entidades (CDE). No CDE os representantes da categoria também vão debater ações para tentar reverter o aumento bem acima da inflação anunciado no plano de saúde da Geap. A maioria dos servidores do Executivo também deve reiterar participação em um calendário que já está sendo apontado para 2016 com a realização de uma reunião ampliada do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) que acontecerá nos dias 16 e 17 de janeiro.

Uma das prioridades desse CDE será também definir estratégias e trabalhar para que as pendências que ainda persistem no processo de negociações sejam sanadas. Isso porque, segundo a Secretaria de Relações do Trabalho (SRT) do Ministério do Planejamento o governo trabalha o dia 18 de dezembro, portanto essa sexta, como prazo limite para o envio de projeto com previsão orçamentária para 2016. Das categorias que compõem a maioria dos servidores do Executivo, Dnit e Agências Reguladoras aguardam agenda para tentar concluir o processo de firmar termo de acordo. Mais de um milhão de servidores já possuem acordos firmados. 

Também estão de olho na próxima semana os servidores administrativos da AGU e PGFN que esperam informações definitivas a respeito de uma proposta de carreira que estaria sendo debatida diretamente pelos ministros da AGU, Luís Inácio Adams, e do Planejamento, Nelson Barbosa. Condsef, Asagu e Unasps buscam audiência com ministro da AGU. As entidades também já conversaram com o secretário de Relações do Trabalho do Planejamento, Sérgio Mendonça, que descreveu a situação como atípica e que ainda não havia tido acesso ao projeto, mas que estaria buscando informações para convocar os representantes da categoria para uma reunião. Sendo a próxima semana apontada como a decisiva nesse calendário, os servidores devem estar prontos para cobrar as respostas que continuam aguardando.

Vale lembrar que todos os servidores da base da Condsef devem manter-se mobilizados e participando constantemente dos debates que envolvem o setor público. Ainda que muitas reivindicações não tenham sido atendidas, é importante considerar que este foi um processo de negociações que garantiu avanços importantes. A Condsef e todas as suas filiadas vão continuar buscando o atendimento das reivindicações que ainda ficaram pendentes e seguir cobrando o cumprimento do que foi firmado. Todos os esforços devem ser na direção de consolidar direitos e garantir novas e importantes conquistas no que diz respeito ao fortalecimento do setor público.

Fonte: Condsef